Curitiba, 
Nova pagina 1
  MENU PRINCIPAL
 Galeria de Fotos
 Fale Conosco
 Usuários
 Pagina Inicial
 Presidentes do Brasil
 Busca de Cep
 Busca de Cartórios
 Conheça o Brasil
 Governadores do Paraná - Imperial
 Governadores do Paraná - Republicano
COLUNAS LC
 Acidente de trabalho
 Ambiental
 Aposentadoria
 Arbitragem
 Atividade eventual
 Bancos
 Bem de Família
 Câmaras de Vereadores
 Cartão de crédito
 Célebres Julgamentos
 Conselho Nacional de Justiça
 Conselho Nacional de Justiça(CNJ)
 Conselho Tutelar
 Constituição Federal
 Contratos
 Cooperativas de crédito
 Cooperativas de Trabalho
 Crianças e Adolescentes
 Danos morais
 Direito Constitucional
 Direito do Consumidor
 Direito Empresarial
 Direitos do Empregador
 Direitos doTrabalhador
 Discriminação
 Emenda Constitucional 45/04
 Frases que marcaram
 Hist.Partidos Políticos
 IDOSOS
 Juizados Especiais
 Juizados Especiais
 Justa Causa
 Justiça Eleitoral
 Justiça On-Line
 Latim
 Leis
 Magistratura
 Ministério Público
 Municípios
 O.A.B
 Pensão Alimentícia
 Pensionistas
 Poder é Poder
 Portadores de Necessidades Especiais
 Precatórios
 Prefeituras
 RECURSOS
 Rural
 Sindicatos
 SÚMULAS
 TERCEIRIZAÇÃO
 Terceiro Setor
 Textos sucintos e interessantes
 Trabalhista
 União Estável
  NEWS LETTER
  

  Juíza ressalta importância da adoção tardia
   

Com mais de 11 anos de experiência no Poder Judiciário de Mato Grosso, a juíza Valdeci Moraes Siqueira, hoje atuando como magistrada auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça e responsável pelos assuntos relacionados à infância e adolescência, destacou a importância da conscientização social a respeito da adoção, principalmente em relação à adoção tardia. “Segundo dados do Cadastro Nacional de Adoção (CNA), hoje existem 3.818 crianças/adolescentes aptos à adoção no Brasil. Entretanto, a preferência dos 27.445 pretendentes cadastrados para adoção é por crianças recém-nascidas, de pele branca, sem problemas de saúde e do sexo feminino. Tais fatores dificultam os processos de adoção, pois as crianças/adolescentes em condições judiciais de receberem uma nova família estão fora daqueles padrões pretendidos, pois a maioria possui idade acima de sete anos, é do sexo masculino, pertence a grupo de vários irmãos e possui problemas de saúde”, assinalou.
 
Segundo a juíza, faz parte das atribuições do Poder Judiciário proporcionar mais informações à população, visando sensibilizar e conscientizar a sociedade acerca do assunto (perfil das crianças que estão aptas para adoção e expectativas dos pais), bem como para possibilitar não só o resgate da identidade de crianças e adolescentes que moram em abrigos, mas também o direito à convivência familiar e comunitária. “Vale ressaltar que no Estado de Mato Grosso existem 72 crianças/adolescentes aptos à adoção e 313 pretendentes habilitados”, ressaltou Valdeci Siqueira.
 
No dia 25 de maio celebra-se o Dia Nacional da Adoção e para marcar a data será realizado no próximo domingo (23 de maio) pela manhã evento de entretenimento no Parque Mãe Bonifácia, em Cuiabá, com shows, teatro e atividades de recreação. Participarão da iniciativa crianças e adolescentes acolhidos. Já no dia 25 de maio, terça-feira, serão realizadas palestras sobre o tema no auditório do Fórum da Capital, a partir das 18 horas. “Essa data tem por objetivo concreto desenvolver a cultura da adoção mediante trabalho de conscientização da sociedade quanto ao grande número de crianças e de adolescentes que necessitam de oportunidades para terem uma nova família por meio do procedimento legal da adoção, rompendo assim com os preconceitos e mitos existentes”, observou.
 
            A magistrada ressaltou ainda outro projeto de cunho social voltado aos interessados em apadrinhar uma criança, chamado Padrinhos, Pais Solidários, também desenvolvido pela Comissão Estadual Judiciária de Adoção. Explicou a juíza Valdeci Siqueira que esse projeto busca promover a participação da sociedade civil no apadrinhamento de crianças e de adolescentes institucionalizados, com possibilidades remotas ou quase inexistentes de adoção.
 
            O projeto estabelece três tipos de colaboradores, o afetivo, o provedor e o prestador de serviço. No primeiro caso, o padrinho tem a função de visitar regularmente a criança ou o adolescente, buscando-o para passar finais de semana, feriados ou férias escolares em sua companhia, proporcionando a promoção social e afetiva e revelando as possibilidades de uma convivência familiar e social saudável que gere experiências gratificantes. Já o provedor é aquele que dá suporte material ou financeiro à criança e/ou adolescente, seja com a doação de materiais escolares, calçados, brinquedos, seja com o patrocínio de cursos profissionalizantes, reforço escolar, prática esportiva e até mesmo mediante contribuição mensal em dinheiro. Já o prestador de serviço consiste no profissional liberal que se cadastra para atender as crianças e os adolescentes participantes do projeto, conforme sua especialidade, independentemente de sua formação escolar.
 
            Outras informações, na Ceja, nos telefones (65) 3617-3054, 3617–3121, 3617–3191 e 3617-3330.
 
 
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
 
Fonte : TJMT
19/05/2010  17:25
 
 
 


  COMENTAR ESTE ARTIGO


Atenção

Você Precisa ser cadastrado para comentar as colunas do site , se você ja é faça login, se não clique aqui para se cadastrar
O processo de cadastro é simples e rápido, faça parte desta cominidade
Nova pagina 1
  COLUNAS LC
  Direitos das Mulheres
 Advocacia
 Assédio Moral
 Benefícios
 Biossegurança
 Bullying
 Cheques
 Cidadania
 Colunas
 Comunidade Jurídica
 Concurso Público
 Condomínios
 Conselho de Justiça Federal
 Contrato de Trabalho
 Defensoria Pública
 Direito de Família e Sucessões
 DNA
 Documentos
 Doenças Profissionais
 Dumping Social
 Educação
 Entrevistas
 Estagiários
 FGTS
 Frases Circunstanciais
 Fundos de Pensão
 Glossário
 Hist. das Constituições
 Horas Extras
 Imposto de Renda
 Info. Históricas do Brasil
 Injustiça
 Justiça na Alemanha
 Lei 11.382/06 - Lei de execução de títulos extrajudiciais
 Lei 11.441/2007
 Lei nº 11.232/22.12.2005- Lei de execução civil
 Política
 Prefeitos e Vereadores
 Repercussão Geral
 Saúde
 Servidor Público
 Sinopses de textos
 Textos diversos
  FAÇA LOGIN
Login:

Senha:



  PUBLICIDADE



  PESQUISA
O que achou do site?
Excelente
Ótimo
Bom
Razoável
Ruim